Arquitetura Neoclássica

Durante o século XV, a Itália e, acima de tudo, Florença, sediou o florescimento artístico, humanístico, tecnológico e científico que conhecemos por Renascimento. Desde então as formas greco-romanas em telhados, colunas e fachadas nunca deixaram de influenciar os arquitetos de todos os períodos estilísticos posteriores.

A análise dos elementos arquitetônicos das ruínas romanas, notadamente as do Colosseum (“coliseu”) e do Panteão, e o estudo das obras de Vitrúvio, tornaram-se essenciais e obrigatórias para a formação dos arquitetos. O arquiteto, antes um trabalhador habilidoso, ascendeu à condição de artista nessa época.

A Basílica de São Pedro é a maior do mundo. O detalhe da fachada, com suas colunas de estilo coríntio, pórtico e frontão semelhantes aos dos templos gregos e romanos. As estátuas do teto, embora representem personagens católicos, inspiraram-se certamente nas estátuas do acroterion dos templos gregos.

Basilica de saun pedro

Basílica de São Pedro, Roma. Michelangelo Buonarroti (1475/1564), arquiteto.greciantiga.org/img/index.asp?num=0776

Basilica de saun pedroqqqqq

Detalhe da fachada. greciantiga.org/img/index.asp?num=0776

Postado por: Renan Boniatti

Alfândega

O prédio foi inaugurado em 1906. Foi inteiramente pré-fabricado na Inglaterra, de onde foram importados os blocos adequados ao clima do Amazonas.

alfandega

O Largo da Alfândega e ao fundo a Casa

Melhor exemplar de arquitetura neoclássica da Ilha. Iniciada em 1875 substituindo o prédio anterior, após um incendiou em 1866, encerrou suas atividades em 1964, quando o Porto de Florianópolis foi desativado. Foi tombada no nível federal, restaurada entre 1977 e 1979, reparada em 1984 e tem sido constantemente conservada. A Alfândega faz parte do conjunto histórico tombado pelo Município. No térreo observa-se exposições de artes, promovidas pela Associação de Artistas Plásticos do Estado. Hà um Largo, onde tem um palco de mostras artísticas.

Postado por: Renan Boniatti

Icó é destaque nacional, possuindo um sítio histórico de destaque oriundo das charqueadura que fizeram desta cidade entreposto entre a capital e o interior do Nordeste.

Teatro da Ribeira dos Icós: dentre o seu acervo arquitetônico de destaque possui o mais antigo teatro do estado do Ceará, o Teatro da Ribeira dos Icós, datado de 1860, construído sessenta anos antes do afamado teatro José de Alencar pelo arquiteto Henrique Théberge, filho do médico e historiador que financiou esta obra neoclássica, Pedro Théberge, contendo dois pavimentos, onde o interior térreo compõe-se de três galerias, além de camarotes superiores no primeiro andar.

Postado por: Renan Boniatti

Postado por: Renan Boniatti

Postado por: Renan Boniatti

Arquitetura Eclética

O termo arquitetura eclética refere-se a um movimento arquitetônico predominante desde meados do século XIX até as primeiras décadas do século XX.

Em arquitetura, o ecleticismo é a mistura de estilos arquitetônicos do passado para a criação de uma nova linguagem arquitetônica. Apesar de que sempre há existido alguma mistura de estilos durante a história da arquitetura, o termo arquitetura eclética é usado em referência aos estilos surgidos durante o século XIX que exibiam combinações de elementos que podiam vir da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica. Assim, o ecletismo se desenvolveu ao mesmo tempo e em íntima relação com a chamada arquitetura historicista, que buscava reviver a arquitetura antiga e gerou os estilos “neos” (neogótico, neo-românico, neo-renascença, neobarroco, neoclássico etc). Do ponto de vista técnico, a arquitetura eclética também se aproveitou dos novos avanços da engenharia do século XIX, como a que possibilitou construções com estruturas de ferro forjado.

No Brasil, a arquitetura eclética foi uma tendência dentro do chamado academicismo propagado pela Academia Imperial de Belas Artes e pela sua sucessora, a Escola Nacional de Belas Artes, ao longo do século XIX. Assim, o ensino arquitetônico acadêmico no Rio de Janeiro, que inicialmente privilegiou o neoclassicismo, mais tarde adotou o ecletismo de origem europeia. Em pararelo surgiram instituições artísticas em outros lugares do Brasil também comprometidas com a arquitetura eclética, como o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

Em São Paulo o ecletismo arquitetônico teve em Ramos de Azevedo seu principal nome. Em Porto Alegre o ecletismo encontrou um grande representante na figura de Theodor Wiederspahn.

ely

Edifício Ely, Porto Alegre, Brasil. Obra de Theodor Wiederspahn

742px-SaoPauloMunicipalTheatre1

Teatro Muncipal de São Paulo

Postado por: Renan Boniatti