Em arquitetura, o ecleticismo é a mistura de estilos arquitetônicos do passado para a criação de uma nova linguagem arquitetônica. Apesar de que sempre há existido alguma mistura de estilos durante a história da arquitetura, o termo arquitetura eclética é usado em referência aos estilos surgidos durante o século XIX que exibiam combinações de elementos que podiam vir da arquitetura clássica, medieval, renascentista, barroca e neoclássica. Do ponto de vista técnico, a arquitetura eclética também se aproveitou dos novos avanços da engenharia do século XIX, como a que possibilitou construções com estruturas de ferro forjado.

Além do uso e mistura de estilos estéticos históricos, a arquitetura eclética de maneira geral se caracterizou pela simetria, busca de grandiosidade, rigorosa hierarquização dos espaços internos e riqueza decorativa.

No Brasil, a arquitetura eclética foi uma tendência dentro do chamado academimicismo propagado pela academia Imperial de Belas Artes e pela sua sucessora, a Escola Nacional de Belas Artes, ao longo do século XIX. Assim, o ensino arquitetônico acadêmico no Rio de Janiero, que inicialmente privilegiou o neoclassicismo, mais tarde adotou o ecletismo de origem europeia. Em pararelo surgiram instituições artísticas em outros lugares do Brasil também comprometidas com a arquitetura eclética, como o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo.

Em São Paulo o ecletismo arquitetônico teve em Ramos de Azevedo seu principal nome. Em Porto Alegre o ecletismo encontrou um grande representante na figura de Theodor Wiederspahn.

A cidade de Pelotas, no Rio Grande do Sul, é uma das que apresentam os edfícios ecléticos mais bem conservados do país. Seu centro histórico possui edifícios tombados pelo Patrimônio Histórico, como aqueles próximos à praça Coronel Pedro Osório, datados do século 19.

secretaria-municipal-da-receita-pelotas1

Secretaria Municipal de Receita, antiga sede da filial do Banco do Brasil, construída entre 1926 e 1928. Praça Coronel Pedro Osório, 67. Pelotas, RS. Fonte: http://img148.imageshack.us/img148/8720/f01d.jpg

Postado por: Emanuela Tassoniero